quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Conheça o guerreiro vegano que fundou um exército para proteger animais no ZimbábueModern Warrior: Damien Mander at TEDxSydney

Conheça o guerreiro vegano que fundou um Modern Warrior: Damien Mander at TEDxSydneyexército para proteger animais no Zimbábue

Publicado em 7 de setembro de 2013 em Notícias, Pelos Animais, ▼ Importante, ▼ Vídeos

+Aa
| -Aa

Um soldado experiente dedicando sua vida a evitar o sofrimento de animais.
O australiano Damien Mander serviu como franco-atirador e mergulhador ao exército de seu país durante nove anos. No Iraque, onde ficou por três anos na linha de frente da guerra, supervisionou uma academia especial de formação de cadetes com mais de 700 homens.
Como ele mesmo se define em sua recente palestra no TEDx Austrália, evento de fomento a boas ideias, ele “era o idiota que acelerava o carro tentando acertar pássaros na estrada”. Proteger animais era a última coisa que o soldado durão pensaria em fazer. Porém, em 2008, em uma viagem pela África, Mander deu de cara com um elefante morto, com o rosto desfigurado. Era o retrato do trabalho sujo dos caçadores que matam estes animais para pegar o marfim, material de que são feitas as presas.
A cena mudou a percepção do soldado sobre os animais e, dois anos mais tarde, ele fundou a IAPF (International Anti-Poaching Foundation / Fundação Internacional contra a Caça Furtiva) e, desde então, vive com sua esposa no Zimbábue, sul da África, onde mantém um pequeno exército de homens altamente capacitados para a proteção da vida selvagem. Quando decidiu mudar todo o direcionamento de sua vida para se mudar para a África, Damien vendeu o que tinha e investiu na IAPF. Hoje, a entidade conta com apoiadores e admiradores no mundo todo.
Entre os equipamentos utilizados na IAPF, estão armas de fogo, veículos especiais e aeronaves não tripuladas com câmeras de vigilância (drones). Além disso, o grupo utiliza câmeras com visão noturna e outras soluções militares dignas de filmes de ação. A região onde a instituição atua é uma zona de perigo constante e os caçadores não medem esforços para conseguir o que querem, já que o marfim é vendido a preços altos no mercado negro. Mander define a IAPF como “uma organização de ação direta e aplicação da lei.”
Como parte de sua evolução pessoal, Damien tornou-se vegano e encoraja os admiradores de seu trabalho a aplicarem a compaixão pelos animais em seu dia a dia, não consumindo carnes, laticínios, ovos ou qualquer outro produto de origem animal. Coerente, ele sabe que não são só os animais selvagens, como elefantes e rinocerontes, precisam de proteção. O maravilhoso trabalho de Damien Mander é o equivalente em terra ao que a ONG Sea Shepherd faz em alto-mar.
Mais sobre a IAPF: Site | Facebook | Doe
Assista à palestra de Damien Mander | Youtube