terça-feira, 30 de setembro de 2014

NOTICIA MARAVILHOSA PESSOAL, MERECE SER COMPARTILHADA E MUITO!!!



Durante este incidente, um dos voluntários chegou que primeiro e foi atacado com um pedaço de metal por um dos ladrões de cães. O ladrão de cães foi então capturado e detido por outros voluntários e entregue à polícia.

Como na rodovia passado muitos veículos o salvamentos demorou, voluntários e ativistas estavam trabalhando dia e noite para cuidar dos cães resgatados. Veterinários e técnicos de sáude animal também correram para ajudar. Grandes quantidades de alimentos para cães e suprimentos médicos começaram a chegar de pessoas que foram ao local

Acreditamos que os ladrões de cães estão sentindo a pressão de suas comunidades e do governo chinês que acabará por intervir de uma forma positiva por causa da publicidade negativa voltada para o comércio de carne de cão.

Próximo foco de Duo Duo será para pressionar por leis de proteção animal. Precisamos de muita ajuda em todo o mundo. Se você gosta de apoiar a campanha de proteção animal e fazer parte deste movimento histórico bem-estar animal, inscreva-se para o E-News para ficar conectado ou se tornar um voluntário.

Obrigada - Direitos dos Animais..
Faça sua inscrição aqui .: http://duoduoproject.us3.list-manage.com/subscribe?u=41cf1de7245dd0191a7a617af&id=650d6667a1
‪#‎DireitosdosAnimais‬.

SUIPA RJ: UMA QUESTÃO DE SAÚDE PUBLICA


Blog do Sidney Rezende apoia a causa animal. Na terça-feira, 30, o futuro da Sociedade União Internacional Protetora dos Animais (Suipa) será discutido em...
reynaldovelloso.jusbrasil.com.br
Publicidade

O Globo - Rio

Reunião na OAB quer pedir a Dilma que transforme Suipa em entidade pública federal

RIO - A Comissão de Defesa dos Animais da OAB está reunida, na manhã desta terça-feira, com integrantes da Suipa, veterinários e com equipes do Conselho Regional de Veterinária. O objetivo da reunião é elaborar um documento que será entregue à presidente Dilma Rousseff pedindo que ela transforme a Suipa em entidade pública federal.
A reunião foi marcada após a ameaça de fechamento da Suipa devido à dívida de R$ 15 milhões com o governo federal. De acordo com o advogado Reinaldo Veloso, da Comissão de Defesa dos Animais da OAB, caso a Suipa seja fechada, cerca de 3 mil animais serão colocados na rua com risco de zoonoses, além de poderem morrer com fome e sede.
- Vamos fechar um documento hoje e pedir uma audiência à presidente. A Suipa não é só hotel de animais. Ela é praticamente um hospital público dos animais. O governo federal precisa ter a sensibilidade de entender que a manutenção da Suipa é um problema de saúde pública - disse.

UMA MULHER na política PELOS DIREITOS DOS ANIMAIS

20 min ·
Amigos, é com enorme constrangimento que peço votos em uma eleição, pois o cenário político é podre, recheado de picaretas, assaltantes, estelionatários, vagabundos da pior espécie, genocidas, etc. 

Mas pelos animais e pela minha vontade de tentar mudar , chegamos a conclusão que temos que ter pessoas que lutam por esses, e claro pessoas que confiamos e colocamos nossa cara para apoia-la nessa guerra. Como todos sabem a candidata aqui no Rio de Janeiro a quem a causa animal apoia, e não podeira ser diferente é dona MARLI MORAES, ativista e protetora a mais de 20 anos.

Eu Julio Cesar Gomes à conheci ano passado em protestos e ativismos, estreitamos nossa amizade e hoje estou aqui, não constrangido por ela, pelo contrário é uma honra, mas como disse por esse cenário vergonhoso chamado cenário político atual.

Se você é do RJ e quer que fiquemos fortes na causa dos animais politicamente falando, vote MARLI MORAES 70324

Marli Moraes, indique a quem gosta de animais, multiplique seu voto, com parentes e amigos.

Obrigado.
Jota Caballero

Pega ele PCC!

 
 
 
 
 
 
 

VETERINÁRIO ASSASSINO MATA 10 CÃES DE RUA.

VETERINÁRIO CARRASCO, CARREGOU OS CÃES QUE ESTAVAM NAS RUAS ABANDONADOS EM UMA CAMINHONETE E LEVOU AO LOCAL DE EXTERMÍNIO,
Aproximadamente 10 cachorros seriam vítimas de extermínio em Corumbataí do Sul, região central do Estado. Um menino filmou a ação do médico veterinário que levava os animais em um caminhão até o lixão da cidade. O homem é veterinário chefe da vigilância sanitária da cidade e disse que os animais estavam atacando moradores, mas que desistiu de matar os bichos na hora.
Vídeo mostra o extermínio de cães por médico veterinário em Corumbataí do Sul
VER A MATÉRIA EM VÍDEO
http://pr.ricmais.com.br/cidade-alerta-maringa/videos/video-mostra-tentativa-de-exterminio-de-caes-por-medico-veterinario-em-corumbatai-do-sul/
Após localizar corpos dos cães exterminados em Corumbataí do Sul, polícia abre investigação
VER A MATÉRIA EM VÍDEO :
http://pr.ricmais.com.br/bg-maringa/videos/apos-localizar-corpos-dos-caes-exterminados-em-corumbatai-do-sul,-policia-abre-investigacao/
‪#‎DireitosdosAnimais‬.
Direitos dos Animais.
.

OLHAÍ! AÉCIO, ALCKIMIN... ALGUEM SE SALVA?

Eduardo Holanda compartilhou a foto de Mural Animal.

Cachorrinha não é bem-vinda em evento de presidenciável.

"Ela quase me bateu por causa da cachorra. Quem é ela?", pergunta apontando para Maria Helena Guimarães Castro, cotada para ser a Ministra da Educação, se Aécio Neves vencer as eleições…

Saiba mais em http://muralanimal.blogspot.com.br/2014/09/cachorrinha-nao-e-bem-vinda-em-evento.html
Curtir

PROCURA-SE

Já descobrimos quem é o maldito, agora tem que encaminhar denuncia a polícia para ser responsabilizado por esse crime.
vejam o vídeo
https://www.facebook.com/video.php?v=375664702590186&set=vb.203263343163657&type=2&theater
Curtir

QUANDO A ACEITAÇÃO É DEMAIS ATÉ O SANTO PROTETOR DESCONFIA

Julio Cesar Gomes compartilhou a foto dele.
SÃO JOÃO DE MEIRITI - RJ / ATENÇÃO

Por direitos dos animais
Estes cartazes estão espalhados pela cidade de São João de Meiriti, RJ. Tem muitos cartazes pela cidade.

É muito esquisito uma pessoa anunciar que comprar animais e aceita doações. É um colecionador? Um criador de fundo de quintal? Um dono de restaurante de comida asiática? Um restaurante clandestino? Alimentar outros animais? Usar de isca? Rituais religiosos? Usar para apanharem de cães treinados para briga?

Muitas dúvidas no ar sobre essa pessoa que espalhou MUITOS cartazes pela cidade.
O que vocês acham?

Vamos retirar esses cartazes!!!

Se não temos explicações, não vamos arriscar a vida dos cães, pois muitos inocentes podem ligar oferecendo seus animais à venda ou adoção.

Quem tiver notícias sobre isso, deixe nos comentários!
Se outras cidades da vizinhança estão com os mesmos cartazes, fotografe e nos envie!

SÃO JOÃO DE MERITI - RJ
(BAIXADA)

Por Tainara Medeiros:
"Colegas e moradores do município de são João de
Meriti.
Acredito que tenham reparado nesse anúncio espalhado por toda a cidade, onde um ser diz comprar filhotes de cachorros( tbm aceita doações). O que alguns não imaginam, talvez pela inocência, é que esse cidadão possa estar comercializando a carne desses animais. Me aconselharam a não divulgar o telefone de contato a fim de que não ajudassemos o trabalho do infeliz. Peço para que me ajudem a arrancar todos os cartazes que possam ser encontrados na Baixada Fluminense. São muitos e sozinha não conseguirei. Logo terei um plano mais elaborado e passarei.
Compartilhem!"

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Quem não joga limpo, não pode vender a ideia de justiça e lisura.

Eleições 2014: Conheça candidatos engajados na causa de bem-estar animal

Eleições Top

Por Marcela Puccia Braz

Os primeiros traços de preocupação com bem-estar animal na legislação brasileira, escritos por Getúlio Vargas em julho de 1934, não são tímidos: o decreto nº 24.645 já chama de “delinquente” aquele que fosse responsável por maus tratos aos animais e explica, em 31 exemplos, quais comportamentos se enquadrariam nesse tipo de delinquência. Mas a pena, multa e prisão por 2 a 15 dias, deixa a desejar se comparada à atual, cuja sansão – que varia de acordo com as leis municipais – é somada a um período de 3 meses a um ano de detenção, números que legisladores têm tentado aumentar (além de buscar melhor aplicação e cumprimento).
Da época em que Vargas era “Chefe do Governo Provisório da República dos Estados Unidos do Brasil” até as vésperas das eleições de 2014, leis mudaram, mais quatro constituições foram escritas e, enquanto isso, as medidas de proteção dos animais avançaram a passos lentos. Projetos para modificar a Lei nº 9.605 de crimes ambientais, de 1988, e aumentar a punição de maus-tratos têm sido apresentados desde 1999, mas infelizmente nenhum vingou até o momento. Atualmente há pelo menos cinco deles tramitando em conjunto em pautas de comissões ou do Plenário.
Além dessa preocupação, as principais propostas apresentadas pelos candidatos em nível federal, engajados na causa de bem-estar dos animais, são voltadas a controlar ou acabar com uso deles em circos, pesquisas, atividades de ensino e testes laboratoriais, bem como para instituir medidas de controle populacional de cães e gatos e proibir a matança cruel e ineficaz desses animais, sem critério, nos centros de controle de zoonoses (CCZs).
A maioria delas seriam contempladas pela criação do Código Federal de Bem-estar Animal (PL 215/2007), proposta do deputado federal Ricardo Tripoli (PSDB-SP), que já atuou à frente da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável em defesa da fauna.
Outro alento para acelerar o processo legislativo e sinalizar aos eleitores quais são os políticos envolvidos com o assunto é a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Animais, criada em 2011. “Ela é importante, porque reúne diversos deputados e senadores preocupados com aquele tema e chama atenção para o assunto. É um avanço em termos de mobilização”, explica Yuri Carajelescov, professor da Escola de Direito de São Paulo - FGV.

Antes de votar, saiba o que cada cargo tem poder para mudar politicamente.

Deputado federal e coordenador da frente, Ricardo Izar (PSD-SP) acredita que a luta pelos direitos dos animais melhorou consideravelmente com essa mobilização dos parlamentares, ainda que nem todos os signatários participem ativamente do grupo. “A gente faz pressão para os deputados assinarem os projetos e já tivemos três deles aprovados. Trinta anos atrás a gente não tinha nada disso”, compara.
Neste ano, por exemplo, entre 17 e 20 de fevereiro um grupo de ativistas e políticos acamparam no gramado em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, para o Acampamento Nacional pelos Direitos dos Animais. A mobilização teve como objetivo pressionar parlamentares a aprovarem, principalmente, as seguintes medidas: criação de uma CPI que investigue casos de maus-tratos a animais, esterilização gratuita de cães e gatos (PL 1376/2003), aumento da pena para maus-tratos (PL 2833/2011), proibição de animais em circos (PL 7291/2006) e usados em testes para o desenvolvimento de cosméticos (PL 6602/2013).
Segundo a organização, feita pela candidata a deputada federal Carolina Mourão Albuquerque (PHS-DF) – ou Carol dos Animais –, o acampamento também recebeu apoio dos deputados e candidatos às eleições Roberto Santiago (PSD-SP) e Paulinho da Força (SDD-SP).
Em fevereiro também foi anunciada a criação de uma comissão especial para consolidar, em uma lei única, todos os projetos e normas referentes à proteção dos animais, que somam 185 projetos de lei em trâmite na Casa. A reivindicação foi feita pela bancada do PV, com apoio do Solidariedade (SDD).

Além das iniciativas apresentadas anteriormente, conheça outras propostas e candidatos a nível federal (não foram inclusos deputados estaduais e governadores), envolvidos com a proteção dos direitos dos animais:

Presidenciáveis

Os candidatos à Presidência divulgaram as diretrizes da campanha, ou seja, as linhas gerais que pautam o cada plano de governo.

Aécio Neves (PSDB): se compromete a fortalecer iniciativas voltadas para bem-estar animal e proteção dos direitos dos animais, “em sintonia com iniciativas em curso em vários países”.
Dilma Rousseff (PT): não cita direitos dos animais no programa de governo.
Eduardo Jorge (PV): pretende promover um programa nacional dos direitos dos animais, o controle ético de produção, pesquisa e cuidado que os envolva, proibir testes de cosméticos e incentivar a pesquisa e o desenvolvimento para eliminar o uso de animais como cobaias em outros setores. Além disso, o candidato propõe eliminar subsídios e financiamentos públicos a granjas industriais que mantenham animais em confinamento intensivo e reduzir danos, em curto prazo, para eliminar as práticas de criação de animais para consumo.
Luciana Genro (PSOL): não cita direitos dos animais em suas diretrizes de campanha.
Marina Silva (PSB): apoia a criação de material pedagógico com temas relacionados à defesa dos direitos dos animais e a aprovação da lei que prevê um selo informativo nos alimentos que contenham ingredientes de origem animal.
Pastor Everaldo (PSC): não cita direitos dos animais no programa de governo.

Senadores
 
Álvaro Dias (PSDB-PR)
PL 7291/06: proíbe uso de animais silvestres em circos de todo o país. Situação: pronta para pauta no Plenário.

Eduardo Suplicy (PT-SP)
Apoia o endurecimento das penas àqueles que cometem maus-tratos e políticas de esterilização e controle populacional dos animais abandonados.
“Mas isso não basta. É necessária a conscientização de que a posse de animais demanda a guarda responsável, além da castração, como também respeito e dignidade para com a vida animal”, defende.
O candidato à reeleição também se posiciona contra provocar lesões e estresse desnecessário aos animais em "brigas de galo", "brigas de pássaros", “farras do boi", “brigas de cães", e considera maus-tratos exigir trabalho excessivo e usar instrumentos para “incentivar” animais em circos, rodeios ou vaquejadas.
Quanto ao uso de animais para pesquisas científicas, o senador afirmou em discurso que os experimentos exigem pessoal capacitado, planejamento e instalações adequados. “Entretanto, creio que a questão mais importante é essa: podem os animais sofrerem, indiscriminadamente, para o bem da ciência?”, completou, ao final.

Deputados federais

Carlão Inpama-CG (PEN-SP) Presidente e fundador do Instituto Nacional da Proteção Animal e Meio Ambiente, tem como meta a criação de serviços de castração e vacinação gratuitos. Defende ainda o desenvolvimento de um programa de recolhimento de animais, destinados inicialmente a abrigos públicos para castração e doação.

Fabiano Jacob (PV-RJ)
Entre as suas metas como deputado federal, o candidato destaca:
- Equiparação de penas entre o tráfico de drogas e o tráfico de animais silvestres.
- Combate ao uso de animais em testes e pesquisas, ao uso de animais para tração (carroças), aos abatedouros clandestinos, à venda ilegal de animais e às "fábricas" de filhotes.
- Ampliação de feiras de adoção (com triagem de adotantes e participação de abrigos e protetores cadastrados), incentivo à chipagem e fiscalização dos criadores legalizados;
- Reestruturação subsidiada de abrigos e ampliação do projeto Lar “Cão” Amor de lares temporários, em convênio com empresas privadas. 
- Fiscalização dos métodos de abate, armazenagem e tratamento (pré-abate) de animais em abatedouros já legalizados.
- Incentivo à criação de hospitais veterinários públicos, delegacias estaduais epecializadas em bem-estar animal e também de uma Patrulha de Resgate à Saúde Animal (PRESA) para o combate ao comércio ilegal e resgate de animais em situação de maus-tratos e abandono.
- Criação junto a ativistas de uma Coordenação de Defesa Animal do Gabinete, com o objetivo de receber e apurar denúncias de maus tratos.
- Criação junto a veterinários de uma Coordenação de Bem Estar Animal e de um “castra móvel”, a fim de realizar consultas diárias, atender chamados de primeiros socorros, realizar pré-operatórios e castrações.

Gazzetta (PV-SP)
Atuou como secretário municipal do Meio Ambiente em Bauru (SP) e em ONGs como a SOS Mata Atlântica, o Instituto Socio Ambiental e o Instituto Vidágua. As suas principais propostas incluem:
- Recursos para as Prefeituras Municipais implantarem Clínicas Veterinárias Públicas, voltadas ao atendimento e resgate de animais acidentados ou vítimas de maus-tratos.
- Combate à eutanásia como forma de controle populacional e incentivo a programas regionais de castração gratuita de cães e gatos.
- Apoio à implantação de abrigos para animais abandonados e estímulo às feiras de adoção.
- Apoio à implantação das Delegacias Verdes, especializadas no combate ao crime contra os animais e contra a natureza.

Joaquim Amaral (PSD-RJ)
Além de defender penas mais severas para aqueles que cometem crime de maus-tratos aos animais e ainda campanhas de estímulo à adoção, o candidato inclui em suas propostas a criação de unidades públicas para atendimento a pequenos animais para realização gratuita de vacinações, castrações, cirurgia e outros procedimentos veterinários, em convênio com universidades e organizações não-governamentais.

Junji Abe (PSD-SP)
Apoia a criação da CPI de maus-tratos e participou do Acampamento Nacional pelos Animais.
PL 7291/2014: obriga estabelecimentos de banho e tosa de cães e gatos a disponibilizar visão total dos serviços por meio de sistema de câmeras e acompanhamento pela internet. Situação: apensado ao PL 6833/2013, que obriga instalação de circuito interno de filmagem em pet shops.
PL 7102/2014: obriga produtos nacionais ou importados a avisarem no rótulo a realização de testes em animais durante a produção. Situação: apensado ao PL 2470/2011, de Ricardo Izar.
INC 5527/2013: envia indicação ao Ministério da Justiça para criação de delegacias de polícia federal e rodoviária federal para reprimir e investigar crimes contra animais. Situação: aguardando resposta na 1ª SECM (sessão extraordinária).

Moacir da Acapra "Giraldi" (PCdoB-SC)
Integrante da Associação Catarinense de Proteção aos Animais, da qual chegou a ser presidente, o deputado federal destaca o combate ao abandono de animais como uma das suas principais bandeiras. Entre as suas propostas estão a construção de clínicas veterinárias públicas por todo o país e o controle populacional, como medida de saúde pública, através da castração de animais.

Paulinho Pompom (PTC-RJ) Defende penas mais severas para quem cometer maus-tratos aos animais e a criação de hospitais veterinários.

Ricardo Izar (PSD-SP)
Presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos Animais, o candidato é autor do projeto de criação da CPI destinada a investigar maus-tratos de animais e tem, atualmente, 13 propostas em trâmite. As mais expressivas são:
PL 6602/2013: proíbe uso de animais em atividades de ensino e em pesquisas e testes de cosméticos. Situação: aguardando retorno do Senado Federal.
PL 6267/2013: proíbe o uso de animais em filmes pornográficos, além da circulação, venda e exibição de tais imagens. Também altera a lei de crimes ambientais (nº 9.605, de 1998) e inclui zoofilia como crime. Situação: aguardando parecer do relator na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC).
PL 3491/2012: inclui na lei nº 5.970, de 1973 a autorização para remover animais que tenham sofrido lesão em caso de acidente de trânsito. Situação: pronta para pauta na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC).
PL 4586/2012: cria o selo nacional Brasil sem Maus-Tratos, que será recebido por empresas ou instituições que não utilizam animais em experimentos científicos. Situação: pronta para pauta na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio (CDEIC).
PL 3142/2012: agrava a pena para abuso, maus-tratos ou mutilação de animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos. Situação: apensado ao PL 7.199/2010, que define punições a quem causa danos ao meio ambiente.
PL 3490/2012: proíbe canis públicos e centros de controle de zoonoses de matar cães e gatos. Situação: pronta para pauta na Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF).
PL 2470/2011: torna obrigatório o aviso ao consumidor do uso de animais vivos na obtenção de produtos e substâncias. Situação: pronta para pauta na Comissão de Defesa do Consumidor (CDC).

Ricardo Tripoli (PSDB-SP)
Tripoli é relator da comissão externa que investiga denúncias de maus-tratos contra animais no Instituto Royal – caso que ficou conhecido em 2013, quando ativistas invadiram o laboratório, em São Roque (SP), e levaram cachorros da raça beagle usados como cobaias.
O candidato também visitou o Acampamento Nacional pelos Direitos dos Animais, se posiciona contra o uso de animais em pesquisas científicas, promoveu uma audiência pública para discutir formas de substituir essa prática e destina uma parte de seu site para divulgar suas ações na defesa dos animais, que incluem palestras, relatórios e apoio a campanhas voltadas para bem-estar animal.
PL 215/2007: institui o Código Federal de Bem-Estar Animal, que estabelece normas para as atividades de controle populacional e de zoonoses, experimentação científica e criação, incluindo desde maus-tratos aos animais domésticos àqueles criados para consumo humano. Situação: aguardando criação de comissão temporária.
PL 7875/2014: prevê que os projetos habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida tenham espaços destinados aos animais domésticos. Situação: aguardando parecer do relator na Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU).
PL 2833/2011: criminaliza condutas praticadas contra cães e gatos e aumenta punição de maus-tratos. Situação: apensado ao PL 7199/2010, sobre penalização de atividades lesivas ao meio ambiente.
PL 2086/2011: proíbe perseguições seguidas de laçadas e derrubadas de animal em rodeios ou eventos similares. Situação: aguardando criação de comissão temporária e parecer do relator na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR).

Roberto de Lucena (PV-SP)
PL606/2011: estabelece normas para o transporte de animais. Situação: apensado ao PL 215/2007, Código Federal de Bem-Estar Animal, de Ricardo Tripoli.

A World Animal Protection analisou todas as diretrizes dos candidatos à presidência nas eleições de 2014 e entrou em contato com cada senador em exercício e com 191 candidatos a deputado federal – ao todo, são 225 signatários, mas foram excluídos os aposentados e os não-candidatos. Não obtivemos resposta de todos. 
Se você é candidato a nível federal ou conhece algum candidato (para deputado federal, senador ou presidente) e gostaria de ver suas propostas de proteção animal publicadas aqui, entre em contato.
Destacamos que a World Animal Protection não apoia oficialmente nenhum dos candidatos ou partidos acima. Nosso objetivo é apenas reunir as propostas existentes e expor o que cada diretriz de governo apresenta para a causa animal. A escolha em si deve ser feita por cada cidadão, com base em sua identificação pessoal com o partido e com quem acredita ser o melhor candidato para defender os interesses da sociedade, do meio ambiente e da fauna doméstica e silvestre. Lembre-se de investigar a sua trajetória política, vá além dos projetos e das promessas atuais e debata com seus amigos e com outros protetores. 
Vote pelos animais com responsabilidade e coerência.

CUIDADO! ADOÇÃO È COISA SÈRIA!

Voce aí Carioca! Nós apoiamos Marli Moraes!


COMPARTILHEM.. temos que ter algum deputado totalmente para a proteção.. Marli é protetora antiga, ativista, mora na ilha do governador, nunca foi politica!.
Apoiada pela maioria da proteção e ativistas no RJ.. vem por um partido pequeno e por isso terá autonomia, não esta gastando um real com a campanha, nao tem planfetos, depende do seu compartilhamento!

PROPOSTAS DE PROJETOS DE LEI
1- Proibição de rodeios, vaquejadas e a participação de animais em geral em quaisquer eventos, sejam públicos ou privados;
2- Proibição do uso da tração animal
3- Proibição da importação de animais exóticos ou fauna nativa, sejam estes terrestres ou marinhos
4- Proibição da instalação em todo Estado do Rio de Janeiro de estabelecimentos onde os animais sejam usados como entretenimento;
5- Incentivos fiscais para restaurantes e similares que não usam em seus cardápios produtos de origem animal;
6- Proibir o uso de animais no ensino (vivissecção), em testes ou quaisquer outros meios
7- Proibir a permanência de animais em jaulas / gaiolas nos estabelecimentos comerciais;
8- Proibir a reprodução de espécies da fauna não-humana com propósito de habitar cujo objetivo dos filhotes seja o cativeiro;

MEDIDAS ADMINISTRATIVAS (junto ao Executivo)
1- Criação de equipes especializadas em Direitos dos animais em todas as Delegacias comuns
2- Criação de um grupo de trabalho especializado com o propósito de devolver ao seu habitat natural os animais agora em cativeiro (obedecendo as leis naturais, manejo e possibilidades)
3- Aumentar o efetivo dos guardas florestais;

AÇÕES COMPLEMENTARES:
1-Promover junto aos defensores de animais dos municípios um programa de esterilização de cães e gatos em larga escala;
2-Fornecer ajuda na manutenção de abrigos particulares ou ongs em forma de rações, medicamentos, vacinas, esterilizações assim como ajuda jurídica caso se faça necessário;
3-Participar ativamente das manifestações em prol dos animais

VOTE 70324, MARLI MORAES DEPUTADA ESTADUAL RJ — com Marli Moraes.

CADE OS VERBORRÁGICOS, OS ACADÊMICOS, OS VEGANOS, OS NÃO ESPECISTAS, OS DEFENSORES DA PL6602/2013, OS ATACANTES DA PL E OS CANDIDATOS PELA DEFESA ANIMAL! OPORTUNISTAS!

CCZ SP não cuidará mais dos animais ali recolhidos.

Esta portaria número 1138, traz a resolução feita e aprovada pelo ministério da saúde, governo PT, onde diz que não caberá mais aos centro de controle de zoonoses cuidar dos animais ali recolhidos, ou seja só no caso do da rua Santa Eulália, 500 animais deverão ser adotados ou irão morrer por falta de cuidados( isto envolve tudo desde ração a medicamentos, tempo de permanência, vacina....), já que a portaria proíbe esta ação, outro item diz que animais que derem entrada com a menor das enfermidades serão eutanasiados, por não se ter mais recursos para tratamentos.
PT baixa portaria que exclui os cães, gatos e cavalos da sociedade.
Parabéns a todos que se omitiram!!! Essa desgraça poderia ter sido evitada se a proteção ani
mal fosse unida!!!!!!! Cadê os candidatos da proteção animal????

Ah meu Deus!!!!! Tanto trabalho para deixar o CCZ/Sp ser referência ao tratamento dado aos animais e agora, essa tragédia anunciada se torna realidade, uma duríssima realidade para os animais de São Paulo. Espero que a proteção animal se uma contra essa calamidade, contra os políticos malditos que fizeram isso e que serão eleitos assim mesmo, pois são lobos em pele de cordeiro. Pelo amor de Deus não deixe os meus amores do CCz ser vítima do abandono da sociedade......

Veja o que recebi hoje e me ajudem!!!!!
"O meu coração está doendo pelos meus queridos animais do CCZ/SP


Recebi a nova portaria e entendam o que vai acontecer daqui para frente, uma vez que já foi publicada com os animais já recolhidos e os que derem entrada nos centro de controle de zoonoses


Esta portaria número 1138, traz a resolução feita e aprovada pelo ministéria da saúde, governo PT, onde diz que não caberá mais aos centro de controle de zoonoses cuidar dos animais ali recolhidos, ou seja só no caso do da rua Santa Eulália, 500 animais deverão ser adotados ou irão morrer por falta de cuidados( isto envolve tudo desde ração a medicamentos, tempo de permanencia, vacina....), já que a portaria proibe esta ação, outro item diz que animais que derem entrada com a menor das enfermidades serão eutanásiados, por não se ter mais recursos para tratamentos.

Eu pessoalmente não consigo acreditar que depois de tanta luta, anos de dedicação e recursos próprios vamos acabar assim: assistindo de camarote eles indo aos poucos, nunca pensei que fossemos chegar a este fim.

Marina Zatz De Camargo, Fernando Capez , Ricardo Ligiera, Ricardo Izar, Fernando Capez, Roberto Rautenberg, Luisa Mell, FELICIANO FILHO, SERGIO GREIF, SONIA T. FELIPE...
Ajudem!!!! Me ajudem!!!!!!!!!!!!!

Eu pedi tanto pra essa proteção animal que só quer brigar e se amesquinhar!!!!!! O que podemos fazer, meu Deus????????? Não agüento um baque desses!!!!!!!! Não agüento!!!!!!!

Keké Flores, Conceição Aparecida Vigliotti, Cármen Guaresemin, Denise Grecco Valente, Denise Nery, Marcelo Glauco, PROJETO CEL, PEA - Projeto Esperança Animal / Q1B - Quero Um Bicho
Gabriela Toledo Carla Boni, Fabi Anjos de Luz, Fabio Chaves, Maria Helena Medina

domingo, 28 de setembro de 2014

LISTA DAS CIDADES ONDE ACONTECERÃO RODEIOS (TORTURA ANIMAL) NO RIO GRANDE DO SUL NO MÊS DE OUTUBRO


Dia 10 - a 12/10/2014 - 10ª Festa Campeira do CTG Velho Mateus - Caxias do Sul - Espaço Multicultural dos pavilhões da Festa da Uva - Informações: (54) 9971-1786
Dia 16 - a 19/10/2014 - 5ª Festa Campeira PTG Machry - Venâncio Aires - Informações: Maicon Machry (51) 8170-9636 ou Cesar Martini (51) 9617-3873
Dia 16 - a 19/10/2014 - 31º Rodeio Crioulo Nacional - CTG Porteira do Faxinal - Praia Grande - SC - Informações: Patrão Adelírio M. Santos (48) 9161-0793
Dia 17 - a 19/10/2014 - 1ª Festa Campeira DTG Altaneiro - Parque de eventos UCS - São Sebastião do Caí - Informações: Fabio Silva Patrão (51) 9943-8413
Dia 17 - a 19/10/2014 - 6º Rodeio Nacional - CTG Querência de Nova Hartz - Parque de eventos do CTG Pedro Serrano - Nova Hartz
Dia 31 - a 02/11/2014 - 27º Rodeio Crioulo Estadual de Encantado - CTG Giuseppe

Garibaldi - Parque João Batista Marchese

- See more at: http://www.macanudogaucho.com.br/agenda/#sthash.m7YtcENX.dpuf
Curtir

LEI 9605 Art. 32: não parece séria? É um deboche contra os animais!


A LEI É O MOTIVO DA IMPUNIDADE NOS CRIMES CONTRA ANIMAIS

Essa impunidade vem revoltando toda a proteção animal. Essa é nossa pedra no sapato, embora muitos pensem que ela é uma evolução. A pena máxima para um criminoso é de UM ANO E QUATRO MESES. Todos os condenados tem sua pena convertida e acabam em cestas básicas o que revolta mais ainda a proteção. As autoridades policiais geralmente prevaricam e demanda muito trabalho registrar as denúncias. Os criminosos fazem chacota da proteção apoiados pelos seus advogados. ESTE DEVERIA SER O FOCO PRINCIPAL DO TRABALHO PARLAMENTAR NESTE MOMENTO. Toda semana temos uma atrocidade nova exposta nas redes sociais e não aguentamos mais. 

MEXAM-SE!
Crys Lofft e Irene Wacher Warol Chermauth publicaram em 3 grupos.
Crys Lofft compartilhou uma foto com o grupo Orações pelos animais.
1 h ·
Gente, n/ao da nem pra acreditar em algo assim....
SOCORRO!! QUEM PODE AJUDAR???
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Prefeitura de cidade do Pará dá R$ 5 a quem MATAR CÃES!!!

Um morador da cidade de Santa Cruz do Arari, na Ilha do Marajó, no Pará, gravou imagens de pessoas capturando cães nas ruas. Segundo ele, mais de 100 animais já foram mortos pelos moradores local e outros 200 teriam sido levados para uma ilha sem água e comida. O mais grave é que o prefeito da cidade, Marcelo Pamplona, pode estar por traz desta barbárie. Em nota, a prefeitura disse que estimulou a captura dos animais por causa de ataques á população. Reportagem exibida pelo SBT repórter.

http://youtu.be/oSN6R2IdzYE


Gostaria de saber o que as pessoas vão fazer com R$ 5 e R$ 10. Estão passando fome pra chegar a esse ponto, de fazer uma crueldade como essa? E a consciência? Está tranquila? Francamente... na minha opinião acredito que uma pessoa que faz isso com um animal pode fazer isso com qualquer pessoa, falando claramente, são um perigo para a sociedade.

Marli Moraes fala de sua plataforma

Mensagem da Marli Moraes para os protetores

sábado, 27 de setembro de 2014

Loucura à solta!


 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

ATENÇÃO, MAIS UMA LOUCA NO MEIO ANIMAL

Repassando da Daniele Saraiva

Venho aqui avisar que estou sendo ameaçada!
Mas agora que o caso já está na polícia acho que já posso contar o que está acontecendo...
Na semana passada, fechei a adoção de um gato para uma pessoa do Jardim Botânico, que entrou em contato comigo através da minha página Cabana do Picapau. Já estava um pouco incomodada pois a mesma dizia ter 4 gatos e vários cachorros no apartamento, mas até então me parecia uma boa pessoa...
Me passou o endereço para levar o gatinho para ela, mas pediu que a encontrasse em frente a uma igreja, alegando que eu teria dificuldades para encontrar vaga e que ela me mostraria onde eu poderia parar rapidinho.
Chegando ao local, esperei por cerca de uns 10 min e então ela apareceu já me pedindo o termo de adoção (que eu já tinha avisado que ela teria que assinar). Parecia estar com pressa e estava com uma bolsa para levar o gatinho.
Falei para ela que preferia subir para ver se o apartamento tinha realmente telas e também para conhecer seus outros animais.
E então ela me disse que não teria como, pois seus cachorros estavam soltos e iriam me atacar e também porque seu marido não iria gostar que eu fosse lá.
Diante desses fatos e já achando tudo muito estranho (inclusive a figura da pessoa), optei por cancelar a adoção e voltei para a casa com o gato.
Minutos depois, ela me mandou uma mensagem chateada com a situação e expliquei educadamente que a mesma estava no seu direito de não me receber em sua residência, mas que eu também estava no meu, e que não tinha obrigação de entregar o gato, já que ela não estava cumprindo as minhas exigências...
Falei para ela que iria fazer um post explicando porque a adoção foi cancelada e assim foi feito.
Acontece que esta publicação teve muita repercussão e outros protetores entraram em contato comigo. Fiquei sabendo que ela havia adotado diversos animais nas últimas semanas, e que tinha tentado adotar vários outros com pessoas que, desconfiadas como eu, também não entregaram.
Ela ficou com raiva pois no post, muitos a julgaram, e começou a me mandar mensagens a ponto de eu ter que bloqueá-la. (Ainda mais depois de saber que ela tinha adotado vários animais de pessoas que também não puderam ir a sua residência. Além disso, ninguém nunca recebeu fotos dos bichos que ela adotou).
A grande suspeita (embora ainda sem provas) é que ela tenha sacrificado todos esses animais e que provavelmente faz parte de alguma religião ligada a esse tipo de ritual...
Após bloqueada, a mesma entrou em contato comigo através de um perfil fake. Disse que tinha encontrado o meu perfil pessoal e que ia fazer um "trabalho" para mim.
Diante de todos os relatos, evidências e provas fornecidas pelas vítimas, o caso já está na polícia, que foi a sua casa, mas a mesma não quis abrir a porta...
Hoje recebi uma nova mensagem de seu perfil fake que diz:
"Só para avisarmos que sabemos que vc conhece o inspetor Bruno".
Quero dizer que já estou considerando isso uma ameaça pessoal e terei que tomar as minhas próprias providências.
Gostaria de deixar tudo isso registrado aqui para que TODOS tenham conhecimento.
Peço a meus amigos protetores que não entreguem nenhum animal, em hipotese alguma para Marise Ribeiro Lopes (esse é até então seu nome verdadeiro). O nome que ela usa em seu perfil fake pelo qual entra em contato comigo é: Laura Freitas Menezes.
Pronto!!! Já joguei a merda no ventilador!
FIQUEM ATENTOS!!!
Pensei em desativar meu perfil pessoal por um tempo, mas não tenho como, pois teria que desativar a página também...
Peço que não passem nenhum tipo de informação sobre mim para ninguém sem antes me consultar!
Obrigada!!!
OBS - Esse é o perfil da senhora em questão: https://www.facebook.com/marize.ribeirolopes?fref=ts
"Essa pessoa admite ter 3 gatos SRD, 12 persas, 1 gata gravida, 13 cães e 2 papagaios. Do dia 03.09 até agora, só listando por alto, ela adotou 2 cães em Nova Iguaçu com intermédio de Acacia Taxi Dog; adotou 1 cadela preta e 1 gata preta com Rosa Maria de Almeida e Rosana Colatino; adotou 1 gata grávida + 1 gato filhote com Maria Clara Neves; solicitou adoção de 1 filhote com a Cabana do Picapau (protetora Daniela Saraiva) e se ofereceu a ficar com mais 2 gatos, sendo uma gatinha preta não castrada; solicitou adoção de 1 filhote preto a Sozed; se dispôs a ficar com 1 gata grávida preta da SOS CATS Barra (protetora Cristina); solicitou a adoção de 1 filhote todo branco para a protetora Debora Arthur; se dispôs a ficar com uma gata grávida de Raquel C. Figueira e ainda perguntou por filhotes. Solicitou adoção do Zeus, um gato preto que estava com a protetora Jaqueline Bandeira. Solicitou a adoção de duas gatas conosco e como não nos deixou ir até seu apartamento, negamos.
SE ALGUÉM DOOU ALGUM ANIMAL PARA ESSA SENHORA, POR FAVOR POSTE PARA QUE POSSAMOS SABER QUANTOS ANIMAIS ADOTOU OU TENTOU ADOTAR NOS ÚLTIMOS TEMPOS."