quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Mlucia LPereira compartilhou uma foto com o grupo Orações pelos animais.
6 h ·
Depois do flagrante de agressão em Tubarão/SC, que ganhou repercussão nacional, outro fato relacionado ao mesmo assunto chamou a atenção dos moradores da região. Só que desta vez, de forma positiva. Ontem, o jovem Ériclys Machado, de 18 anos, decidiu adotar o bichinho.
Durante a madrugada, por volta da 1 hora, enquanto conversava com um amigo na frente de sua casa, Ériclys percebeu um cão que mancava e todo molhado. Sensibilizados com a situação, os amigos abrigaram o animal, que é uma cadela, e a alimentaram.

Neste momento, surgiu a dúvida, se seria a mesma das imagens divulgadas na internet. A pergunta só foi esclarecida horas depois, quando os representantes da ONG Movimenta Cão estiveram no local e confirmaram a identidade.

O dono da boa ação é DJ e nas horas vagas se dedica ao cuidado com os animais. Em casa, Ériclys tem outros quatro cães. “Quando vi as imagens, fiquei revoltado e com muita pena do animal. Ela é uma cadela muito dócil. Não precisava ter sido tirada da pista daquela forma”, desabafou o novo dono, que deu o nome de Meg à cadelinha.

Quanto ao delinquente juvenil, prestou depoimento à polícia ontem à tarde.

Foi uma monitora quem interrompeu a agressão

O vídeo com o flagrante não chega a dois minutos. Mas, durante este tempo, o rapaz bate várias vezes no cachorro indefeso. Enquanto isso, outros jovens assistem à violência e não fazem nada. Apenas riem da situação. Segundos antes do fim da cena, uma monitora do estacionamento rotativo chama a atenção de todos, repudiando a agressão. A atitude da mulher foi elogiada ontem nas redes sociais e chamou a atenção dos órgãos públicos. A prefeitura de Tubarão publicou um manifesto repudiando a agressão e valorizando a ação da monitora. “A administração cumprimenta a monitora de trânsito que, naquele momento, representou a população tubaronense e interrompeu a atrocidade”, diz a nota oficial.

http://www.notisul.com.br/n/seguranca/adolescente_presta_depoimento-49399
Vídeo da agressão: https://www.facebook.com/video.php?v=786841378045672
Curtir