domingo, 21 de setembro de 2014

PSICANALISTA É DISPENSADO DO PROGRAMA APÓS REVELAR QUE NÃO GOSTA DE ANIMAIS
As opiniões do psicanalista Francisco Daudt acabaram custando seu lugar no “Encontro com Fátima Bernardes”.

Sim, bem merecido! O cara vai em rede nacional falar que não gosta de animais, e que gosta de porco a pururuca dizendo isso sadicamente, mereceu sim, um pé na bunda.

Minha revolta é que um psicanalista desse nível, boçal, cuida de milhares de pessoas, e com essa mentalidade ao invés de ajudar acaba por prejudicar mais pessoas ainda confundindo suas mentes e mexendo de forma errônea seu interior. O tal psicanalista, frisa que o homem humanizou animais, e aqueles que cuidam e amam animais é porque sofrem de carência, na verdade nessa última até concordo, pois o mundo anda tão mesquinho e mentiroso que só encontramos verdade nos animais, pois não dá para confiarmos em nós mesmos, quando falamos de humanidade. Outro, esse tipo de pessoa ( esse psicanalista) tem cara de gostar de dinheiro, e que se pudesse pegava seu carro e dormiria na cama com ele, essa é a diferença, ele prega amor as coisas, pois o ser humano hoje é isso, se resume nisso, é o que tem, e isso é normal para a psicanálise. Falar em vidas, ter sentimentos em prol dos mais fracos, é defeito, é patologia mental, você lutar e ir contra tudo que não acredita, é estar errado, o certo para esses, é a caminhada capitalista para encontrar Deus, prosperidade e todo tipo de atitude que se torna egoísta, quando vemos um mundo sanguinário, doloroso, onde pega-se a maior fatia e o resto que se danem.

Esse tipo de gente é que faz nosso mundo ir de mal a pior, fazem pessoas frias e consumidoras, materialistas, fúteis, vazias e insensíveis.

 
PSICANALISTA É DEMITIDO DO 'ENCONTRO COM FÁTIMA' APÓS REVELAR QUE NÃO GOSTA DE BICHOS
20 SETEMBRO 2014.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Luiz Fernando DE Goes Pontes adicionou 2 novas fotos.
 
ALGUNS, ESTUDAM E VIAJAM NA MAIONESE, SE ACHANDO MAIS QUE TODOS, QUERENDO PARECER UM SUPERSTAR OU COISA PARECIDA, ATÉ QUE UM DIA, A CASA CAI, VEM A TONA SEU PONTO FRACO COMO TODOS OS MORTAIS, DANÇOU, POR CAUSA DA ARROGÂNCIA. PIXOU AINDA MAIS A CLASSE QUE É VISTA COMO SUSPEITA NO QUESITO SANIDADE MENTAL.

Francisco disse no ar que achava normal deixar um cachorro de estimação dormir fora de casa, fora do espaço comum dos humanos.


MIDIA 152882 ext arquivoFrancisco Daudt diz ter opiniões muito polêmicas (Foto: Reprodução)
O psicanalista Francisco Daudt foi demitido do programa 'Encontro com Fátima Bernardes' depois de passar um ano colaborando com a atração. A demissão aconteceu depois que ele revelou não gostar de animais, na última segunda-feira (15). Francisco disse no ar que achava normal deixar um cachorro de estimação dormir fora de casa, fora do espaço comum dos humanos.

“É verdade que eu não gosto muito de bicho. Quando minha filha perguntava qual bicho eu gostava, respondia: ‘leitão a pururuca’. Aí, ela falava: ‘bicho vivo, pai’. Eu respondia: ‘ostra’. Tenho uma relação com o cachorro da minha filha (que durante sete meses fica em sua casa), na qual eu sou o dono e não ele”, disse ele à Fátima Bernardes durante o programa.

O psicanalista participava do programa todas as segundas-feiras comentando os assuntos discutidos na atração. “A gota d’água foi eu insultar a ‘religião’ de algumas pessoas, só porque disse que não gostava de bichos. Foi como falar mal de Maomé para os islâmicos. Vou embora satisfeito, agradecido pelo amor de toda equipe. Afinal, me aturaram durante um ano. O Arruda (diretor) me ligou e disse que o programa não era para ser polêmico e as minhas (opiniões) eram”, disse ele ao ‘UOL’.

Fonte: Tribuna Hoje