quarta-feira, 8 de julho de 2015

ANIMAIS: QUE TAL SEGUIR ESTE EXEMPLO?


19 h · Editado ·

(do face do Dr. Reynaldo Velloso)
Seu discurso inspirador é importantíssimo, mas leva a um confronto de ideologia com políticos e líderes (majoritariamente católicos) que sancionam leis que permitem práticas de extrema tortura.
No Sul, quando participei da luta contra o uso de animais em liturgias, tinha até padre católico, que de olho nos votos, defendeu estas atrocidades.
Devemos nos preparar para a mudança. Ela chegará em breve.
Que venha a nova Era de amor e compaixão com os animais.

 

Papa Francisco faz apelo: ”Não é digno causar sofrimento aos animais”

Papa Francisco faz apelo: ”Não é digno causar sofrimento aos animais”

”Sujeitar os animais ao sofrimento e à morte desnecessária não é digno de um ser humano”

Sempre com discursos sóbrios, profundos e sábios, o Papa tem o talento de abordar assuntos crônicos com delicadeza e imponência e que servem de exemplo para todos, católicos e não católicos. Recentemente o Papa Francisco deu uma série de depoimentos com alto teor de preocupação em relação a mudanças que precisamos fazer para não entrarmos, em breve, em uma situação de colapso ambiental e social. Felizmente, a questão da ética com os animais não poderia ficar de fora. O Papa demonstra reconhecer que a forma como tratamos os animais e o meio ambiente reflete na forma como tratamos uns aos outros.