quarta-feira, 19 de novembro de 2014

O PARACETAMOL MATA GATOS!

DE NOTIFICAÇÕES
Alexandre G. Valente compartilhou a foto dele.
PUBLICAÇÃO DE UTILIDADE:
NÃO ACEITO COMENTÁRIOS DO TIPO EU DEI PARA O MEU E NÃO CAUSOU NADA - Leiam as fontes e não comentem besteiras por favor.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
É importante informar que o "Tylenol" e outros compostos com paracetamol são hepatóxicos. É hepatotóxico para humanos também e deveria ter sido tirado das prateleiras, mas o poder econômico mantém este produto a venda. Particularmente o fígado dos gatos é limitado para lidar com a toxidade do paracetamol e leva o animal a morte. A intoxicação ocorre pelo dono ou tutor ignorar a toxidade da substância nos gatos e administrar o fármaco. Os sinais clínicos observados logo nas primeiras horas são a cianose, depressão, icterícia, edema de face e membros, taquipnéia, dispnéia, anorexia, fraqueza, vômito, hipotermia, hematúria e persistem por mais de 48 horas. Voce deve correr ao veterinário e lá ele deve provocar o vômito, fazer lavagem gástrica seguido de carvão ativado e não esquecer de dar acetilcisteina ao animal, para que o fígado produza a glutationa o quanto antes, na dosagem de 280mg/Kg na primeira dose seguidos de 70mg/Kg a cada 6 horas por 3 dias. Vitamina C também deve ser dada na dose de 30mg/kg a cada 6 horas para o problema da metahemoglobina que é a hemoglobina com o íon férrico oxidado . O sofrimento é intenso pela falta de oxigenação dos tecidos e o animal chega a respirar de boca aberta e apresenta palidez labial e nas pálpebras. Sem tratamento morrerá entre 12 e 36 horas.

APENAS 1 COMPRIMIDO DE 500mg pode matar um gato.

NÃO ACEITO COMENTÁRIOS DO TIPO EU DEI PARA O MEU E NÃO CAUSOU NADA

Este é mais um caso que prova o quanto inútil é testar fármacos em animais para uso humano.

Eng. Alexandre G. Valente

Fontes:
Manual de Toxicologia Veterinária - Joseph D. Roder
Intoxicação por Paracetamol em Gatos
http://rca.cav.udesc.br/rca_2013_1/10Dorigon%20et%20al.pdf