terça-feira, 12 de janeiro de 2016

OS ETs NA CIVILIZAÇÃO DECADENTE DA TERRA

Meu filho de 12 anos é o único vegano da sala de aula, do grupo de amigos do condomínio e de todas as atividades extras que ele participa.

Como é um garoto muito inteligente, solidário e comunicativo, sempre orienta os amigos e divide com eles informações sobre tudo que acontece com animais e com o planeta, decorrente de uma alimentação onívora e da exploração animal.

Boicota zoológicos, compras de animais de estimação,hotéis fazenda, equitação, parques da Disney, Aquários dentre outras posturas que um vegano assume diante do abuso de todos os seres
Alguns amigos se sensibilizam, e chegam até conversar com os pais, que na maioria das vezes são ignorantes e equivocados e não acatam as mudanças que o próprio filho propõe, o que acaba sendo um sofrimento para a criança.

Outros amigos, nem se importam e alegam que seus prazeres por hambúrguer, pedaço de bife e salsicha são muito mais importantes do que o sofrimento animal e a destruição do planeta.
Como o veganismo não é somente estilo de vida, moda, opção, escolha ou alternativa saudável, as conseqüências ainda ficam mais lamentáveis.

Veganismo é ser ético, moralmente adequado, é se importar com todos os seres vivos, com a natureza. É não compactuar com exploração de nada que exista.

É viver com mais simplicidade, com desapego e amor incondicional.

Sendo assim, meu filho, como meu marido e eu,sofre de ver as hipocrisias e a maldade humana. Desde o começo do mês, ele e um amiguinho estão indignados com um louro de um amigo do condomínio,que vive em uma gaiolinha "cantando "e gritando o dia todo. O amiguinho do meu filho chorou ao ver tal situação e de imaginar a injustiça de condenar um serzinho à prisão perpétua sem nada ter feito.

É destoante das outras crianças a sabedoria e a compaixão que meu filho adquiriu depois que toda a verdade foi revelada e ele passou à se interessar mais pelos direitos de todos os seres deste mundo que ele habita.

Por vezes, me abraçou e agradeceu por cozinhar delícias veganas e por não ter mentido pra ele. Diz que sente um alivio em poder estar em paz,não colaborando com nenhum sofrimento.
Por mais crianças assim no mundo!

Por mais pais sinceros, verdadeiros e dedicados!